quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

GRUPO DE MELHOR IDADE É NOTÍCIA

Por Olga Maria Lyra
Secretária Grupo Reviver
No dia 26/10 na liderança da irmã Graça nosso grupo saiu de nossa igreja para um passeio no Triangulo Mineiro, local? Conceição das Alagoas, em um hotel preparado pelo Senhor chamado Ubatã Thermas Hotel.

Deus estava no controle, pois esta viagem era para ser feita no inicio de outubro, mas esperando que outras pessoas de nossa igreja se interessasse pela viagem transferimos para o final do mês.

Tínhamos 18 pessoas dos nossos e, para lotar o ônibus abrimos para que a empresa, que nos dava assistência nessa viagem, terminar a lotação com outras pessoas. Como disse no início Deus estava à frente, sem que soubéssemos o Senhor preparou um grupo de um bairro de Osasco.


Quando subiram no ônibus para nossa surpresa eram evangélicos também, Glórias à Deus.

Já nos identificamos logo, pois somos da mesma família, a de Deus. Eram 25 pessoas para que durante a viagem, nos 5 dias eles fossem benção para nós e nós fossemos usados por Deus para sermos benção para eles.

O local é maravilhoso, as paisagens que vimos são das mais lindas, águas quentes que minam daqueles solos de maneira maravilhosa, fazendo com que 6 piscinas sejam quentes. Várias cachoeiras que massagearam as colunas de forma natural.

A comida da cozinha mineira você já faz idéia como era boa. Os orientadores professores de atividades físicas, o Dessa e a Ale também foram benção para nós. E nós para eles, que testificaram que, ao serem informados que o grupo era evangélico ficaram com receio, pois infelizmente um outro grupo de evangélicos que lá estivera, deixou péssimas recordações e até temor em lidar com “crentes”, graças ao Senhor tiramos essa mancha ficada lá com nosso bom testemunho e alegria.

Na tarde do primeiro dia aprendemos a fazer pão de queijo mineiro. Mas como dissemos Deus tinha propósitos maiores com relação à parte espiritual. As irmãs Graça e Edna sentiram de realizar um culto de louvor ao Senhor no segundo dia.

O Senhor no visitou de maneira sobrenatural, quando a Oralina avisou-me para preparar-me para trazer a Palavra, Deus já testificou o Salmo 23 em meu coração. Irmãos foi maravilhoso nos identificarmos como ovelhas amadas do Senhor Jesus, o Sumo Pastor, que cuida de nossos ferimentos e quando machucadas Ele nos carrega em Seus braços fortes.

Vimos Deus trabalhar em cada coração que quando notaram o Amor que o Senhor tem por cada um de nós não agüentaram e eram levados às lágrimas, tanto na hora do culto como depois o Espírito Santo continuou agindo, quebrando barreiras que perguntavam individualmente, “como posso convidar Jesus para ser meu Pastor?” e tivemos a oportunidade de fazer confissão,

Glórias à Deus!

Mas não foi só isso, a irmã Edna e seu esposo o senhor Videlino (ele não crente ainda) estavam completando 25 anos de casados no dia 29/10/08 e teria uma festa, ela então me pediu que trouxesse a Palavra de meditação e também de renovação de votos.


Antes de descer fomos com a Oralina e mais algumas irmãs orarmos para que não fosse somente uma comemoração. Orei e o Senhor testificou em meu coração o salmo 127, irmãos fui analisando versículo por versículo, não era eu que falava que só víamos testificação de confirmação por parte dos irmãos, e aqueles que ainda não conheciam Jesus, o Senhor os tocou e lágrimas foram vistas no auditório. O Senhor me deu uma autoridade tão grande da parte Dele, (que enquanto falava não sentia meus pés no chão, não sei se o céu desceu ou eu que subi) para explicar ao esposo não crente que naquela hora Deus o chamava para o Seu aprisco, que Deus o amava, e ele era importante, mas que ele precisava de Jesus para salvá-lo, se não no Dia do Arrebatamento nós subiríamos e ele ficaria só vendo, mas que nós queríamos que ele subisse também. Deus falava e parece que eu não via ninguém tanta era a Glória, e os corações foram quebrados.

Fizemos a renovação de votos e ainda pessoas choravam ao ver o agir de Deus. Após, a empresa que nos levou, a Pomptur, ofereceu um bolo ao casal para completar a benção.

A Deus toda Glória! Passeamos, fizemos novas amizades e realizamos a obra de Deus.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Vença o mal com o bem - Por Pr. Daniel Candido de Oliveira

Romanos 12.20“Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer, se tiver sede, dá-lhe de beber, porque fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre sua cabeça.”

Provérbios 25.21-22“Se o que te aborrece tiver fome, dá-lhe de comer, e se tiver sede, dá-lhe água para beber. Porque assim brasas lhe amontoarás sobre a cabeça, e o Senhor te pagará.”


Jesus nos deu o seguinte princípio conhecido como regra áurea “tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles” Mateus 7.12.


Entendemos que Jesus disse assim: Trate as pessoas como você gostaria de ser tratado. Fale com elas como gostaria que falasse com você. Honre-as como gostaria que o honrassem. Dê-lhes o respeito que gostaria de receber. Ofereça-lhes a bondade que gostaria que lhe oferecessem.


A Palavra de Deus diz: “Se possível, quando depender de vós, tendes paz como todos os homens” Romanos 12.18. Em um mundo perdido nem sempre é possível viver em paz com todos. Há ocasião em que, apesar de todos nossos melhores esforços, acabamos ofendendo alguém.


Às vezes você é cercado de pessoas ignorantes e intratáveis na escola ou no trabalho, e não há nada que possa fazer. Pessoas assim não querem paz, preferem tumultuar. O conselho bíblico com respeito a pessoas desse tipo é simples: “viva em paz com elas”.


A Bíblia diz: “Quando depender de vós”. A única pessoa de quem você pode cuidar é de você mesmo. O ditado popular está certo: “Se um não quer, dois não brigam”. Se você se recusar a brigar, pelo menos não poderá ser culpado de causar o problema. Portanto, seja um pacificador.


A Palavra de Deus também nos adverte contra atitudes de vingança. “Não vos vingueis a vós mesmos” Romanos 12.19. A vingança pertence a Deus, que diz em sua Palavra: “A mim me pertence a vingança; eu é que retribuirei”.
Às vezes por um pequeno problema nos exasperamos e depois nos vingamos. A Bíblia diz: “Deixe Deus cuidar da vingança”.


O que acontece quando tentamos nos vingar por nossos meios? Fazemos tudo errado, ou agimos cedo demais ou tarde demais; atacamos a pessoa errada ou dizemos as palavras erradas; ou ainda, pioramos a situação ao invés de melhorá-la. O motivo mais importante para não nos vingarmos é que podemos acabar impedindo a operação de Deus na vida de outra pessoa. A visão de Deus é muito melhor que a nossa. A vingança é especialmente Dele.


Lembremo-nos de que foi Deus que expulsou Adão e Eva do Jardim, foi Deus que fez o Mar Vermelho abrir e secar para que os israelitas atravessassem e se fechar para afogar os Egípcios. Foi Deus que abriu a terra engolindo os filhos de Coré, foi Ele que feriu Miriãm com lepra.


Foi Ele que entregou o gigante Golias nas mãos de Davi. Foi Ele que também matou Ananias e Safira quando mentiram sobre sua contribuição. Deus é Deus, Ele vê aquilo que não somos capazes de enxergar. Ele conhece nossos pensamentos, sabe o que faremos antes de agirmos e conhece nossas razões. A vingança pertence a Deus.


Você nunca poderá executá-la tão bem quanto Ele. Ao contrário, só causará mais confusão. Portanto deixe Deus se vingar. Ele é muito melhor nisso como jamais você será.


Existe um modo especial de acertar as contas. A ordem de Deus é: “Se o que te aborrece tiver fome, dá-lhe pão para comer, se tiver sede, dá-lhe água para beber” (Provérbios 25.21).


Sem duvida, essa ordem de Deus é um contra senso. “Alimentar o inimigo?” Se alimentar o inimigo ele ficará mais forte. Mas quem é o inimigo? Quase sempre é um amigo, ou um membro da família. O inimigo sempre é o mais próximo.


Não tenho inimigo no Iraque, pois não conheço ninguém lá. O inimigo é aquele que te conhece bem de perto, e conhece todas as tuas fraquezas, ele conhece todos os teus defeitos, tuas falhas porque convive com você todos os dias.


O marido pode ser um inimigo? Sim, e você ainda é capaz de amá-lo, mesmo assim você consegue suportá-lo. A esposa pode ser sua inimiga? Sim, pois ela conhece suas fraquezas e vê sua real identidade. É por isso que você deve dar pão e água para seus inimigos.


Você não deve deixar o seu cônjuge morrer de fome. É por isso que você deve dar de comer e beber ao teu chefe, teu professor, aquela pessoa insuportável que trabalha ao teu lado.


Tratar o inimigo com bondade resulta em algo positivo – você amontoa brasas vivas sobre a cabeça deles. As brasas vivas amontoadas sobre a cabeça têm o objetivo de curar, e não ferir, mas sim conquistar, não envergonhá-lo e sim levá-lo ao arrependimento.


O que poderia ser brasas vivas? Uma palavra amiga, um telefonema, um bilhete, flores, uma refeição, um pequeno presente, uma carta de recomendação, oferecer uma carona, e muito mais do que se possa imaginar. (Provérbios 25.22)


Traz o resultado positivo “O Senhor te retribuirá”; Deus recompensa àqueles que usam de bondade para com os seus inimigos. A Bíblia diz que a vingança destrói.


O texto de Romanos 12 termina com um lema muito claro, que resume os ensinamentos de Paulo: “Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem”, isto é, não deixe a vingança destruir sua vida.


Este é um dos motivos por que tantas pessoas têm problemas de saúde. Seu mal não é causado por uma bactéria ou vírus estranho, sua alma está doente, e o corpo também sofre.


A lista de males é longa, incluindo, dentre outros, hipertensão, problemas cardíacos, dores de cabeça, provocadas por tensão, pesadelos, úlceras, problemas de estômago e de peso, visão embaçada, torcicolo, e insônia.


A Bíblia diz: “Vence o mal com o bem”. Apesar de vivermos em um mundo onde o mal quase sempre parece levar a melhor, trata-se apenas de uma situação temporária.


O mal pode se dar bem a curto prazo, mas no final, o bem sempre vence. Se a vida fosse uma corrida de cem metros, você apostaria no mal, mas a vida é uma maratona, e, por isso o bem vencerá no final. Essa vitória pode não vir no decorrer de uma vida ou geração, mas ocorrerá no devido tempo.


Deus opera para fazer justiça no mundo, e se a justiça não for feita nesta vida, certamente será no dia do Juízo. A justiça será feita. Os malfeitores serão julgados e castigados. Mas para aqueles que seguem os passos de Jesus serão recompensados. Pois, essa é a promessa de Deus.


“Vença o mal com o bem”.


Pr. Daniel

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

As conseqüências da Desobediência

Pouco mais de cem anos da conquista da Terra Prometida o povo já tinha se esquecido das ordenanças divinas transmitidas por Moisés.

Israel vivia um tempo de apostasia espiritual, fracasso diante dos inimigos, pobreza material, distantes de Deus. Como sempre, alguém fez a diferença. Uma mulher incomodada com esta situação começa a dizer para si mesma: Desperta Débora, desperta Débora (Juízes 5.12).

Até quando ficarás indiferente a esta situação de vergonha e miséria vendo seus filhos oprimidos levados cativos com falta de alimentos?

Volta a ensinar a Palavra falando dela assentados em vossa casa e andando pelo caminho e deitando-vos e levantando-vos, escrevei-as nos umbrais de vossa casa e nas vossas portas conforme Deuteronômio 11.19-20.

Débora tomou uma posição, como mãe de Israel foi usada por Deus sendo profetisa e juíza levando o povo a viver em paz. Os dias de hoje não são diferentes.

As drogas, o sexo fora do casamento, o consumismo exagerado, a influência negativa dos meios de comunicação estão abalando as estruturas familiares.

Estamos convocando “as Déboras” de nossa igreja para que juntas possamos ver através da resposta às nossas orações, salvação, libertação, curas e livramentos, para que possamos dizer como Josué: “Eu e minha casa serviremos ao Senhor.”


domingo, 30 de novembro de 2008

A BÍBLIA E A VIOLÊNCIA - Por Pr. Daniel Candido de Oliveira

A violência surgiu por causa da queda do homem, através do ato de rebeldia de Adão. (Gênesis 3.1-18) . Por causa daquele ato de desobediência, Deus amaldiçoou Adão, e Eva e a serpente (satanás) Gen. 3.8 -18.

A violência é praticada pelo homem caído, ela é uma conseqüência da sua natureza caída e pecaminosa. Por exemplo, a violência na vida de Caim foi resultado do ciúme que teve do seu irmão Abel, quando o assassinou. (Gênesis 4.3 -15).


As coisas não ficaram melhores depois que Caim matou seu irmão. A Bíblia diz em Gênesis 6.11 que uma das razões que Deus enviou o dilúvio nos dias de Noé foi que “a terra estava corrompida a vista de Deus e cheia de violência” (Gênesis 6.12)

O dilúvio não tirou a natureza pecaminosa da humanidade nem seus atos de violência. O mal, a morte e a violência entraram no mundo como resultado do pecado do homem. (Leia: Romanos 5.12-21 e I Coríntios 15.20-22.)


O mal entrou no mundo por intermédio de satanás e de seus anjos caídos. (Isaias 14.1-23) (Ezequiel 28.1-19) (Apocalipse 12.4) Desde a existência do homem sempre houve violência sobre a terra. As Escrituras Sagradas nos mostra que nos últimos dias que antecede a volta de Jesus Cristo haverá muita violência, em Mateus 24.6 lemos: “e ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes e pestes, e terremotos em vários lugares, mas todas estas coisas são o principio das dores.”


Em Oséias 4.2 diz: “Só prevalecem o perjurar, e o mentir e o matar e o furtar; e o adulterar, e há homicídios sobre homicídios.”


As profecias bíblicas mostram que no final dos tempos haverá violência e após a retirada da igreja de Cristo da Terra, haverá um tempo que durará sete anos, que será um tempo chamado de “Grande Tribulação”. Será um tempo em que mais da metade da população do planeta irá morrer. (Veja Apocalipse 6: 8 – 15)


Muitos irão morrer pelas mãos de outros homens, (apocalipse 6.8), enquanto outros serão mortos por anjos (apocalipse 9.15). Entretanto todo este período de sete anos é chamado de tempo da “ira” de Deus. Em Zacarias 13.8 mostra claramente que dois terços dos judeus também serão mortos durante a tribulação. O ultimo massacre que ocorrerá será na guerra do Armagedon (Apocalipse 16.16); (Joel 3.2,9-17). Após a segunda vinda de Jesus, terá um reino de mil anos (Daniel 12.11 – 12).


A Bíblia diz que haverá paz sobre a terra. Pela presença do Príncipe da Paz em seu trono. Desde a entrada do pecado e a violência na raça humana, por intermédio de Adão, a Terra e os animais e os homens ficaram sujeitos à maldição. Essa maldição não existirá durante o milênio. Haverá completa harmonia. Em II Pedro 3.13 está escrito: “Nós, porém, segundo a sua promessa esperamos novos céus e nova Terra, nos quais habita a justiça”.


A Bíblia diz que não haverá mais violência entre os homens, pois o governo bendito de Cristo será perfeito por toda a eternidade. Apocalipse 21.3–5, “Então ouvi uma grande voz vinda do trono dizendo: Eis o tabernáculo de Deus com os homens. Deus habitará com eles, eles serão povo de Deus e Deus mesmo estará com eles e lhes enxugará dos olhos toda lágrima e a morte já não existirá, já não haverá luto, nem pranto, nem dor, porque as primeiras coisas são passadas. E Aquele que está assentado no trono disse: Eis que faço novas todas as coisas e acrescentou: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.”

Deus abençoe

IECP do Jardim Ipanema em São Bernardo do Campo


Em 4 de Janeiro de 1997, sob a benção do Pastor Daniel Candido de Oliveira e pastores presidentes da nossa igreja sede, foi realizado o primeiro culto de adoração na IECP do Jardim Ipanema, em São Bernardo do Campo.


O pastor João Thiago Cianelli conta como foi o inicio do trabalho: “Éramos apenas cinco pessoas: eu, minha esposa Márcia Alves Cianelli e três irmãos vindos da sede. As nossas reuniões foram realizadas num pequeno salão de uma casa do bairro, onde muitas vidas receberam ao Senhor Jesus como Senhor de suas vidas. Depois de seis meses, alugamos o primeiro salão, onde ficamos por mais um tempo e onde pudemos testemunhar a transformação de muitas vidas, que foram restauradas pelo Senhor. Hoje estamos situados em um prédio, com um templo amplo e salas no andar superior, na Estrada dos Casas, 3860. Graças a Deus, podemos dizer: ‘Ebenézer, até aqui nos ajudou o Senhor’.”


Deus tem feito grandes coisas neste lugar. Louvamos a Deus, que por Sua misericórdia nos ajuda a ministrar um evangelho sério e de compromisso com Sua Palavra, que é o que temos aprendido em nosso ministério.


Muitas vidas têm sido salvas, libertas, curadas; lares restaurados e muitos obreiros levantados por Deus. É lindo ver Deus trabalhando na vida das pessoas, transformando homens e mulheres caídos e sem esperança em adoradores sedentos pela Palavra do Senhor e dispostos a realizar Sua obra. Dia a dia, Deus tem acrescentado ovelhas a este rebanho, sendo acolhidas e apascentadas com muito carinho.


Deus tem levantado obreiros e líderes para vários ministérios, que, para a glória do Senhor, são homens e mulheres cheios do Espírito Santo e fiéis, dedicando-se a cumprir a missão da igreja, que é alcançar os perdidos e levar as boas-novas da salvação.


Hoje, a IECP do Jardim Ipanema conta com os seguintes ministérios: Escola Bíblica Dominical, Departamento Infantil, Jovens, Louvor, Grupo de dança Celebração, SAF (Sociedade Auxiliadora Feminina), Sopro de Deus (grupo de canto das senhoras), Evangelismo, Grupo de Visitas, Intercessão, Mesa Diaconal, Discipulado e Ministério com Casais.

Anualmente são realizadas programações específicas que já fazem parte do calendário da igreja, como: o chá para mulheres, o churrasco dos homens, a festa do Dia das Crianças e o jantar dos jovens.

Todo início de ano a igreja se mobiliza para realizar uma maratona de doze dias consecutivos de oração e jejum em busca de um ano abençoado pelo Senhor. São dias de bênção, onde o Senhor derrama Sua glória, e ao longo do ano muitos são os testemunhos de orações respondidas, para a glória de Deus!

Glorificamos a Deus por cada família, pela vida de cada obreiro, cada homem, mulher, jovem e criança que faz parte deste ministério. Que o Senhor continue abençoando esta obra, acrescentando ao número de salvos e dando crescimento espiritual para que cada um produza frutos e exerça o seu ministério, conforme a vontade do Senhor.

Pr. João Thiago Cianelli também é presidente do Conselho de Pastores Evangélicos de São Bernardo do Campo, secretário do Conselho de Pastores do Grande ABC e também secretário do Conselho das Igrejas Evangélicas Cristãs Presbiterianas.


Primeira Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana do Jardim Ipanema São Bernardo do Campo -SP

Estrada dos Casas, 3860 – Jardim do Lago – São Bernardo do Campo










A História da IECP de Cardoso

Por Pr. Nilson Lopes Pereira


Em 1975 um grupo de irmãos, juntamente com o pastor da IPI-Cardoso, foi visitado pelo Espírito Santo.

Através deles, o SENHOR passou a manifestar os dons do Espírito, como línguas estranhas, profecias e curas. E sabemos que tal doutrina não é aceita pela IPI.

Em um domingo, momentos antes do pastor pregar, recebeu a notícia de que ele, juntamente com os irmãos que faziam parte desse grupo, estava excluído da igreja, sendo impedido de anunciar a palavra no mesmo dia.

Na segunda-feira o pastor sai pela manhã para buscar pão quando encontra um amigo que morava em outra cidade e estava em Cardoso como mestre-de-obras em uma construção. Este pergunta ao pastor como vão as coisas, o pastor conta todo o acontecido, e o amigo lhe diz: “Vai pastorear o teu pequeno rebanho e deixaque do resto cuido eu”.

O irmão alugou um salão, reformou-o e, no dia 11 de maio de 1975, celebraram o primeiro culto, com doze pessoas, tendo como dirigente o pastor Carlos Grassi, que se filiou a IECP através de seu sogro, o pastor Miguel Cernev.

Além do pastor Carlos, passaram pela igreja os pastores Daniel Candido de Oliveira, Miguel Carreras, Idequim Candido de Oliveira, Sebastião Benedito da Cruz e David José da Silva. Atualmente, pela graça de Deus, a igreja é pastoreada pelo pastor Nilson Lopes Pereira (foto com a esposa no início do artigo).

A igreja cresceu. Estamos com duas congregações (São João do Marinheiro e Fernandópolis), temos cento e quarenta e dois membros ativos, e a igreja é freqüentada por cerca de duzentas pessoas.



Temos vários departamentos na igreja, a saber: SAF, Grupo de Louvor, Grupo Aleluia (canto), EBD, Grupo de Visitas nos Lares, Grupo de Jovens, Departamento Social (distribuição de cestas básicas), Departamento da Família (Casados para Sempre). E estamos certos de que Deus tem muito mais para esta igreja.


O Dia das Crianças na IECP Cidade Ademar

Os dias 11 e 12 de outubro foram dias especiais na IECP Cidade Ademar, pois comemoramos o dia das crianças. No sábado, dia 11, realizamos uma animada festa com muito louvor, gincanas, uma linda história evangelística, além de muitas surpresas.

Tivemos também a presença de 2 personagens que animaram ainda mais a nossa festa: A boneca Aninha (Juliana Patriota), e o menino Juninho (Diego do ministério das libras – IECP Sede).


Foi uma tarde abençoada que passamos na presença de Deus . No dia 12, domingo, fizemos uma Escola Bíblica Dominical especial com a Dra. Thalita P. Poli, cirurgiã dentista, que fez uma palestra sobre higiene bucal, foi uma manhã maravilhosa!

No final da palestra as crianças ganharam um kit com Escova e creme dental.

Agradecemos a Deus por este final de semana especial que pudemos realizar para as nossas crianças, também agradecemos ao Senhor por cada irmão que colaborou com esta festa, por cada um que nos ajudou na organização, as irmãs que nos ajudaram com os cenários, “Aninha” e o” Juninho” e a equipe de professores e intercessores da IECP Cidade Ademar. Que Deus abençoe cada dia mais a cada um de vocês. Sabemos que em breve colheremos os frutos porque semeamos em terra fértil.

Por Pr. Novaes

Deus me curou de Hanseníase - Testemunho de Luiz Carlos dos Santos - IECP Rio Grande da Serra


Meu nome é Luiz Carlos dos Santos e quero contar o que Deus fez em minha vida. Fui criado sem pai e sem mãe e cresci muito apegado a meu irmão, aos 10 anos comecei a trabalhar em uma padaria onde permaneci durante 10 anos. Quando completei 18 anos, entrei para o mundo das drogas, comecei usar cocaína e maconha; este vício consumiu tudo que conquistei durante anos de trabalho me levando a perder tudo e morar na rua, embaixo de uma ponte.


Foi neste período que uma doença começou a se manifestar em meu corpo, deixando-me sem sensibilidade na pele e uma dormência. Eu me queimava com facilidade, pensei que era o efeito das drogas que me deixava assim. Vivi desta forma durante 5 anos, fui escravo do álcool e das drogas, só havia forças em mim quando estava sob efeito deles. Para manter o meu vicio, comecei a fazer pequenos furtos nos ônibus, foi neste período que eu conheci uma garota que também era usuária de drogas. Ela começou a sustentar o meu vicio e parei de roubar.


Já cansado da vida que levava e com medo da morte (mesmo não conhecendo a Deus) eu já sentia no fundo do coração que algo iria acontecer. Ao completar 25 anos, eu comecei a querer parar com tudo, de ter um futuro e uma vida descente. Então, pouco tempo depois, o plano de Deus começou a se cumprir em mim.

Fui acolhido pelo meu irmão Carlos que também foi morador de rua e acreditando em seu testemunho de como Deus tinha mudado a sua vida, aceitei ir com ele. Fui internado em Paracambi, Rio de Janeiro, mas eu já me encontrava muito debilitado com seqüelas por todo o corpo, eu tinha muitas dores, principalmente no braço esquerdo. Eu estava mergulhado em uma profunda depressão.

Fiquei no centro de recuperação durante 4 meses, foi ai que minha vida começou a mudar. Conheci a Jesus, me batizei aos 3 meses e comecei a exercer a função lá dentro trabalhando na cozinha e me envolvendo na Casa do Senhor trabalhando como obreiro e auxiliando no grupo de louvor.


Gozei de muitas bênçãos do Senhor, mas a maior benção ainda estava por vir. Chegando a São Paulo, vim para o município de Rio Grande da Serra onde meu irmão Carlos já havia anunciado uma obra do Senhor. Em pouco tempo Deus fez uma grande obra, conheci a minha querida esposa Flávia, nos casamos e tivemos um filho, Josué, hoje ele está com 1 ano e 10 meses. Não paramos de trabalhar para o Senhor, o nosso ministério é o louvor.

Outra benção que o Senhor nos preparou cinco dias antes do nascimento do Josué foi uma porta de emprego que Deus abriu para mim em uma padaria. Iniciei com o salário de 700 reais, mas permaneci 6 meses neste emprego. Durante 4 meses fiquei firme e forte na presença do Senhor e no emprego, tudo corria bem, até que meu irmão Carlos que havia ido para o RJ voltou, mas voltou desviado da presença do Senhor.


Como eu era muito apegado a ele, resolvi ficar perto do meu irmão, dar apoio, mas acabei cedendo à tentação me juntando a ele na vida que levava, voltei a fumar e usar Drogas.Foi então que numa noite fui trabalhar, mas comecei a passar mal, voltei para casa já acometido de uma febre muito alta, logo depois eu já me encontrava totalmente inchado: pés, mãos, rosto, completamente inchados e dormentes. Aí começou a minha grande peregrinação pelos hospitais.


Como a saúde do nosso País é precária, por 3 vezes fui atendido nos hospitais sem um cuidado do qual deveria, me deram apenas soro sem ao menos fazer qualquer exame, apenas um soro como se fosse uma doença comum, mas o meu estado estava piorando. Até que um médico, vendo que o meu estado estava piorando resolveu encaminhar-me para internação no Hospital Nardirni em Mauá. Fiquei internado 1 mês e 15 dias, fiz uma bateria de exames, mas por incrível que pareça, “nada” absolutamente “nada”, era encontrado.


Fiquei isolado em um quarto durante 10 dias, cheguei a pensar que ia morrer e que a minha doença era contagiosa, mas como havia os médicos não encontravam nada, nenhuma doença, fui levado ao quarto com outros pacientes. Neste período que fiquei no hospital, a dieta e os medicamentos que foram aplicados amenizaram as minhas dores e fui liberado para voltar para casa com a seguinte frase do médico: “Você não tem nada”.

Voltei para casa, mas depois de 2 dias tudo começou a ficar ruim novamente. As dores, o inchaço adormecia, tudo voltou, notei que o meu corpo se descamava e estava com manchas escuras. Já não conseguia mais andar. Por esse tempo a doença começou a alcançar o seu auge, as dores eram insuportáveis, todo o corpo doía, eu não fazia nada sem ajuda, passava a maior parte do tempo deitado. Foi neste momento que fui encaminhado para o dermatologista em Ribeirão Pires, que deu o seguinte diagnóstico: “Você tem uma doença de pele!”

Receitou um medicamento que custavam R$ 300,00, mas de nada serviu.Eu já estava desenganado pelos médicos, eles não sabiam que a doença era, alguns irmãos que vieram me visitar e recebi frases nada animadoras como: “A tua cova esta aberta!”.

A minha esposa chegou a ouvir que iria ficar viúva. Entrei em desespero e queria morrer perto dos meus familiares no Rio de Janeiro. Foi neste momento que Deus levantou homens e mulheres para vir ao meu encontro, a minha sogra Elaine foi uma verdadeira atalaia.

Por intermédio dela recebi uma visita do querido pastor Salomão, sua esposa e seus cooperadores. Senti a presença do Senhor, Deus falou poderosamente em meu coração, o Espírito Santo, através do louvor ascendeu novamente à esperança de poder recomeçar e crer que a minha vida poderia mudar.

Após orações, jejuns, clamores á Deus, feito por sua igreja e as Igrejas de Cristo, tive a resposta. A doença finalmente deixou de ser oculta, tanto para mim, quanto para medicina. Deus levantou pessoas no RJ, bem como providenciou toda a viagem, hospedagem por lá para a minha família.

Com 2 dias que eu estava no Rio de Janeiro, fui internado em um Hospital especializado em doenças de pele (Hospital Curupati) e o diagnostico foi “Hanseníase” (a antiga lepra). Fiquei hospitalizado 3 meses e 10 dias e recebi tratamento e medicamentos adequados.Fiquei em um quarto com mais 10 pessoas, pude presenciar e ouvir muitas coisas, até mesmo a morte de um rapaz. Foi ali que tive muito tempo para refletir e buscar a face do Senhor!

Após o tratamento tive alta, mas fiquei mais 2 meses no Rio de Janeiro fazendo o tratamento. Pela misericórdia do Senhor fui usado por Ele para falar do seu amor aos meus familiares. Voltei para São Paulo e o Senhor continuou a Obra em minha vida. Eu já estou curado para a Glória de Deus.

A benção foi completa, hoje estou trabalhando, sustentado a minha família, dizimando (coisa que não fazia antes) e muito mais que isso, estou firme na presença do Senhor, grato a Ele por cuidar de mim e dos meus. Continuo com os medicamentos sob orientação médica.

Em janeiro vai completar 1ano desta experiência que me levou para mais perto de Deus. Hoje eu sei que Deus verdadeiramente cura, liberta e transforma a vida. Louvado seja o nome do Senhor! Ele jamais desprezará um coração contrito e quebrantado.

LUIZ CARLOS DOS SANTOS - 30 ANOS.

Tempos de Crise - Por Rodolfo Magnani

Estes tempos Deus tem falado comigo a respeito de crises mundiais. Estamos frente a uma delas que, segundo os economistas, é a maior crise da economia mundial. Vemos grandes bancos quebrando, empresas de empréstimos falindo, os juros subindo e descendo sem controle, o dólar disparando e as bolsas despencando. Realmente é uma crise, não há como negar. No entanto, esta não é a primeira crise mundial que a humanidade passa. A Bíblia nos fala de diversas crises mundiais, isto é, do mundo conhecido da época. Creio que temos muito que aprender com as crises, e tirar delas o melhor, pois se todas as coisas cooperam para o bem dos que amam ao Senhor, a crise não pode estar de fora.

Nos tempos do profeta Elias houve uma crise, (I Reis 17). Deus mandou o profeta ordenar que não chovesse e foram três anos sem chuva. Mas o que aconteceu com o profeta? Na primeira fase da crise, ou da seca, Deus o mandou ao ribeiro para ter água e ser alimentado por corvos. É normal beber água do ribeiro, mas receber comida de corvos? Isso é algo muito longe da mente humana, inconcebível a idéia de esperar corvos trazerem comida. Porém, o profeta obedeceu, e o resultado era que, de manhã e a tarde, os corvos lhe traziam comida e o profeta foi salvo. Depois na segunda fase da crise, o ribeiro secou e Deus mandou o profeta a uma viúva, consequentemente mãe de um órfão, para que ela e seu filho o servissem e o alimentassem. Novamente algo inesperado, já que os orfãos e as viúvas eram pessoas pobres e necessitadas na sociedade. Mas os mais carentes foram os que puderam sustentar o profeta, através da obediência e coragem de um homem que não tinha medo de dizer a vontade de Deus para uma nação corrompida.

Outra crise séria para a humanidade podemos ler em Gênesis 41. No Egito, o jovem José que já havia sofrido tanto ao ser vendido pelos irmãos, acusado injustamente por uma egípcia, preso e esquecido no cárcere. Recebeu de Deus a revelação do sonho do Faraó, no qual Deus lhe mostrou uma enorme crise mundial a sua frente. Ele poderia ficar todo ressentido e imaginar que isso fosse o castigo de Deus sobre a humanidade que era tão má e que até aquele momento só lhe havia feio o mal. Se José naquele momento não fosse um homem sábio, com intimidade com Deus e curado de seus traumas e feridas, provavelmente não teria feito nada, preferiria deixar que a humanidade afundasse por si mesma na crise. No entanto, José foi sensível à vontade de Deus, e compreendeu que para aquele momento ele havia sido colocado em tal posição, e glorificou o nome do Senhor dentro da crise. Qual foi o resultado? Deus o colocou como governador de toda aquela terra e a nação de Israel, ainda pequena, foi salva e pôde se estabelecer na Terra.

Por outro lado vemos Abrão no capitulo 12 de Gênesis a partir do versículo 10. A Bíblia diz que "havia fome na terra", isto é, crise. E Abrão (Deus ainda não lhe havia mudado o nome) foi ao Egito para fugir da fome. Mas, qual foi à atitude de Abrão quando chegou lá? Ele chegou com medo. Medo do que os homens lhe poderiam fazer ao ver a beleza de Sara. Abrão se esqueceu de Deus que havia feito um pacto com ele garantindo que Abrão seria próspero e que estaria seguro nas mãos de Deus. Abrão mentiu negando ser Sara sua mulher. Muitas vezes, frente à crise financeira, procuramos meios para "nos safar", mentimos para ganhar um pouco mais, ou para não perder o que temos, mas quais as conseqüências para o Cristão que deixa de confiar em Deus para dar seu próprio jeitinho frente aos problemas? O que aconteceu com Abrão? Foi pego na mentira e depois toda a nação de Israel pagou um preço de 430 anos de cativeiro no Egito.

Qual será nossa atitude diante da crise? Ficaremos com medo esquecendo-nos das palavras de Jesus que disse que estaria conosco até a consumação dos séculos? Ou seguiremos com obediência naquilo que Deus quer de nossas vidas sem medo, mas com ousadia e determinação?


Espero que os irmãos, possam se sentir encorajados com esta palavra, pois, o medo não provém de Deus, ao contrário o verdadeiro amor lança fora todo medo. Que neste momento de crise e de oscilações tão grande no dólar e na bolsa, possamos encontrar as oportunidades de crescermos e fazermos a diferença em meio ao mundo caótico e medroso.

Temos na Palavra exemplos do que aconteceu e podemos saber como agir daqui pra frente.

Deus abençoe


segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Evangelizando o Brasil!

Projeto Minha Esperança Brasil!

Olá amados seria legal que vc e o maior número de pessoas que vc conhece se envolvesse. Consiste em os lares cristãos (o que eles estão chamando de lares Mateus) abrirem suas portas para vizinhos, e familiares poderem assistir a esses programas na casa desses irmãos, para terem acompanhamento posterior e serem encaminhados para sua igreja.
Você pode ser um agente multiplicador de salvação e reconciliação.
Inicialmente o projeto queria transmitir esses programas pela rede Globo, porém o valor cobrado foi de 50 milhões para os 3 dias, foi um grande desafio, porém Deus tocou no coração do dono da Colgate que doou esse valor, quando voltaram para assinar o contrato com a rede Globo, eles responderam que colocaram esse valor tão alto acreditando que não conseguiriam levanta-lo, e aumentaram o valor para 100 milhões. Isso não é lenda ... infelizmente é verdade.
Diante disso os organizadores procuraram a Rede Bandeirantes, e como a esposa do dono é cristã, houve uma boa aceitação e o que custaria 50 milhões caiu pra 18 milhões... o restante do dinheiro foi utilizado para evangelização em projetos semelhantes em outros países. Se informe, gaste esse tempo, seja um lar Mateus, ou se envolva juntamente com o seu pastor e sua igreja nesse projeto, quem vai ganhar com isso é o reino de Deus e sua igreja, pois o projeto é interdenominacional.
Se vc não puder ser um "Lar Mateus" não dê audiência à outras emissoras, ligue na Band e interceda, muitas vidas estarão sendo evangelizadas neste momento em todo o Brasil.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Chá de Mulheres... E daí?

Shalom, amadas e amados , cá estamos nós, felizes por compartilhar mais um artigo em nosso Blog.

Desta vez destacamos o: ... E Deus criou a mulher, as ervas e as mulheres criaram o :CHÁ DE MULHERES – A versão elegante, sofisticada e saborosa da Koinonia!

“E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda erva que dá semente e que está sobre a face de toda a terra e toda árvore em que há fruto de árvore que dá semente; ser-vos-ão para mantimento". Gn. 1:29


A origem do chá remonta o ano 2737 a.c, quando o imperador chinês Shen Nung, ao visitar uma plantação de ervas, pediu à um de seus vassalos que lhe trouxesse água quente. Ao receber a vasilha com a água, algumas folhas caíram na vasilha e o imperador, atraído pelo aroma, bebeu um pouco, aprovou a bebida e a partir dali o chá foi "inaugurado".

Todos os tipos de chá derivam da planta: CAMELIA SINENSIS e são apresentados como chá preto ou verde; a diferença é o processo de beneficiamento da planta: enquanto os chás pretos têm folhas fermentadas, os verdes são escaldados e fervidos.

Dos benefícios do chá todos nós sabemos e experimentamos. Eles são: tranqüilizantes, digestivos, terapêuticos, laxativos e antigripais; combatem o envelhecimento, previnem doenças cardiovasculares, QUEIMAM GORDURAS, equilibram pressão arterial,renovam forças etc e etc.

PORÉM, só alguém, dotado de inteligência especial, de senso estratégico à toda prova, poderia imprimir ao chá um "UP GRADE" como a mulher! E foi assim que a duquesa de Bedford Anna, da Inglaterra, inaugurou o chá das cinco, no século XVII, que pode ser organizado e servido a partir das 14h até às 17h.



CHÁ DE MULHERES DE DEUS NA IECP
O chá de Mulheres na IECP Sede, onde o aroma da alegria, o sabor da comunhão e o benefício da reflexão são servidos em saches de bênçãos é um momento especial.
O dia 26 de julho das 14 às 18h estava na agenda de mais de 250 mulheres como a tarde de chá da igreja mãe, cujo tema: MULHER BRASILEIRA inspirou figurinos e performances dos mais interessantes.

Como o Brasil recebe bem a todos, por lá apareceram Espanholas, Muçulmanas, Israelitas, inclusive, pasmem: a rainha de Sabá em grande estilo! Sem contar com a "Maria Bonita Convertida"!


O serviço de chá, com a grife: Ivone Flauzino de Oliveira, mais uma vez foi elegante, farto, diversificado, saboroso! A decoração de nosso amplo e acolhedor salão social, destacava o azul-como convém à nobreza.

Uma equipe solícita, sintonizada e com muito estilo de garçons/diáconos, ou seria de diáconos garçons?! Serviram com cordialidade a todas.

O valor, a beleza, o chamado e o amor de Deus para com a mulher, foram a tônica da inspirada preleção da Missionária Isabel Valins; quando o Espírito Santo fala ao coração e a mulher confirma quão importante ela é, as lágrimas testificam a experiência com Deus e a preocupação com a maquiagem desaparece.

Na nossa trajetória profissional, social, cultural tenho ido a muitos chás em lugares ditos sofisticados, convites disputadíssimos, caríssimos (graças a Deus que tenho "unção de cortesia") que reúne gente das artes, da cultura e da mídia em chás de lançamento, beneficente, homenagem etc.

TODAVIA nenhum deles se compara à alegria de partilhar e compartilhar, às mensagens que brindam o coração, o talento das mulheres que promovem e organizam o clima de unidade, à autenticidade do amor ao Senhor Jesus como os CHÁS DAS MULHERES DE DEUS!

AGENDA DAS MULHERES IECP

Dia 20/9, às 14h30 - Chá na IECP - Jd. Ipanema.

TEMA: A MULHER QUE TEME AO SENHOR, ESSA SERÁ LOUVADA.

Estrada das Casas, 3860 Jd. Ipanema - S.B.Campo - F:4342 5585

Dia 27/9, às 14h - IECP Paulicéia

CHÁ NOTA DEZ. para celebrar 10 anos de marcantes chás!

Rua 17 de março 438-Paulicéia-S.B.Campo - F:4178 78 48

Dia 4/10, às 14 - IECP Jabaquara

TEMA: ALEGRAI-VOS COM AS QUE SE ALEGRAM!

Rua Comendador Ítalo Franceschi, 88 - Cidade Ademar-SP – F: 5562 1668.

Bem amadas e amados, orando por tudo que lhe diz respeito e já glorificando ao Senhor que aperfeiçoa tudo o que nos concerne e esperando seu comentário, crítica, sugestão no email: asasousa@uol.com.br.

Ficamos na vitoriosa luta pelo Reino.

Ir. Andréa de Sousa, esposa do Pr. Gerônimo. Atua no Conselho de pastores e esposas, no Depto. Atalaias de Cristo, professora da E.B.D, mãe da Patrícia,Joshua e Rhebeca. É comunicóloga, coordena e media projetos de leitura, contadora de histórias, integra o Conselho da Mulher da Associação Comercial São Paulo/distrital Sto.Amaro é membro fundadora do CERCAD (Conselho eclesiástico da Cidade Ademar) e ESSENCIALMENTE Serva de Deus!

IECP Rio Grande da Serra realiza a sua primeira reunião " Desperta Débora".


Em 06 de Agosto de 2008, deu-se início na IECP de Rio Grande da Serra, uma reunião específica para mulheres, intitulada “Desperta Débora”. Este trabalho tem por finalidade trazer cura física, psicológica e espiritual, dando condições para que as mulheres possam vencer a depressão, fobias (medos), insônia, angústias, ansiedade, compulsividade e desvio de caráter.
Estas reuniões também têm o objetivo de restaurar a alegria de viver, no casamento, na convivência com os filhos, no prestar serviço para Deus e restaurar a própria vida com Deus.
Isto tudo através da adoração a Deus, das orações específicas de poder e, principalmente, por intermédio da Palavra de dEle, quem tem poder para destruir todo tipo de maldição existente. Além da parte espiritual, este projeto tem a finalidade de levar palestras de beleza e saúde, através de nutricionistas, psicólogas e profissionais da área médica, com o intuito de melhorar o bem-estar dessas mulheres virtuosas.

Na nossa primeira reunião estiveram presentes 22 mulheres, e a nossa expectativa é que cresça muito mais, para que elas se tornem mulheres fortes, cheias do Espírito Santo, e que saibam fazer a diferença na família e também na sociedade.

A irmã Adriana Salomão (esposa do Pr. Salomão) deu abertura ao trabalho, lendo as cartas de I Timóteo 2: 9 e 10, que diz que as mulheres devem se vestir não de jóias e trajes caros, mas de virtudes, como honestidade, domínio próprio, humildade e boas obras a Cristo. Por meio de uma dinâmica, tivemos um momento de descontração, passando a mensagem que Deus nos deu Jesus Cristo, que, por sua vez, nos esconde em Suas mãos, e o seu Santo Espírito transforma o nosso caráter na imagem de Cristo, transformando-nos em mulheres espirituais, psicologicamente saudáveis e capazes de transformar outras pessoas.


Junto com outras levitas, Marisa, a líder de Louvor, levou a igreja a adorar a Deus com belos hinos da harpa cristã. A vice-líder da S.A.F, Ivete, ministrou no momento da oferta e teve a colaboração da irmã Elisângela na coleta.

A Palavra de Deus foi ministrada pela abençoada Simone Leone, que trouxe uma palavra sobre o contraste da beleza secular e a beleza aos olhos de Deus, descrita nas Escrituras Sagrada no livro de Ester. Nunca se viu uma busca tão grande por corpos esculturais como nos dias atuais. As academias estão lotadas de pessoas que, mesmo exaustas após um dia corrido de trabalho, pessoas de todas as classes doam o resto de suas energias em aparelhos de exercícios.

A beleza vazia desta geração descompromissada com Deus e com sua Palavra faz com que as mulheres não sejam exemplos na família e na sociedade. Assim como a Rainha Vasti, que, convocada para se apresentar diante do Rei (seu marido) para mostrar sua beleza para os ilustres convidados, se recusou, tornou-se assim um mau exemplo para as mulheres do reino do Rei Assuero. Desta forma, a Rainha foi destituída de seu posto e Ester foi empossada em seu lugar, após uma grande eleição efetuada por todo o reino. Ester era amada por todos os que a cercavam e, por causa desta beleza de caráter, foi eleita Rainha, e foi a mais amada pelo o Rei.

A palavra de Deus mostra algo que diferenciava as Rainhas Vasti e Ester. A beleza de Ester era de dentro para fora, a beleza estava em seu interior, ela era humilde, tinha mansidão, domínio próprio e fidelidade.

Nós, mulheres da IECP de Rio Grande da Serra, buscamos esta beleza de Ester, queremos ser moldadas dia após dia pelo Santo Espírito de Deus, por meio da Palavra dEle, para nos purificar e santificar, preparando-nos para nos encontrar com nosso Rei Jesus, que irá nos levar para a grande festa das bodas do Cordeiro.Fazemos um convite para você, mulher de Deus!

Venha crescer na graça e no conhecimento de Deus, para que você possa ser um canal de benção para sua família e para mulheres que estão perdidas na ilusão deste mundo vil.

Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana - Rio Grande da Serra
Cultos
Terças e Quintas - 19:30 Horas
Domingo
Culto da Família - 19:00 Horas
R: Lídia Polloni 147 - Centro
Tel: 4820 36 54

Encontro de Corais na IECP Paulicéia



A Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana da Paulicéia foi uma das primeiras congregações abertas pelo ministério e está na direção do pastor Sandro Luiz Chiaratto que vem realizando um belo trabalho evangelístico.

No dia 16 de Agosto a igreja realizou um encontro bastante significativo organizado pelo professor de musica, Celso, o I Encontro de Corais, tendo a participação de vários grupos, de várias denominações, mas todos os corais regidos por ele (Fotos abaixo do artigo).

A IECP da Paulicéia participou com o seu grupo de louvor, coral de jovens Plena Adoração e com o coral Manancial de Águas Vivas.

O Pastor Sandro Chiaratto destaca a presença de Deus neste evento : “ Esse dia foi marcado pelo derramar da presença de Deus e unidade do Espírito Santo foi essencial no evento. Nas Escrituras vemos que Deus habita no meio dos louvores, e que o nosso louvor tem que ter a dimensão da nossa própria vida (Em todo tempo louvarei ao Senhor, o seu louvor estará continuamente na minha boca), foi isso que aconteceu neste encontro. ”

O evento teve diversas participações, de grandes e pequenos grupos no número de pessoas, no entanto, durante a apresentação de cada grupo, sentimos o derramar do Espírito, porque Deus operou em tudo e em todos. Foram horas inesquecíveis diante do Senhor, quando o louvor, adoração, oração e a Palavra se encontram, a terra pára para ver o espetáculo de Deus.

“Podemos dizer que foi uma reunião de pérolas e diamantes, mas o melhor é que ali estava Jesus, o Maior Bandeirante da espiritualidade, o Maior Caçador de pérolas e diamantes. Ele é o alvo de toda a nossa adoração e é a nossa maior riqueza” , diz o pastor Sandro.

Um dos momentos brilhantes do evento foi quando os grupos se uniram num só coral e se transformaram num grande exército de adoradores do Pai. Nesta última apresentação, o derramar de Deus foi tão grande que aplaudimos a Deus, por vários minutos, tamanha era glória do Senhor!

Não poderíamos fechar o evento sem que a palavra de Deus fosse ministrada, ouvimos uma belíssima ministração da Palavra com o Ministro de Louvor daquele dia, o professor Celso.

Ao final, o Pastor Sandro fez um desafio para os adoradores que estavam ali. “Estes, com certeza, levaram para casa sementes da Palavra, que os transformarão por toda vida. O nosso desejo é o que culto iniciado na igreja continue lá fora, pois se não há culto na vida não há vida no culto. Porém se houver culto na vida haverá vida no culto. No nosso culto só é legitimo se continuar no nosso dia-a-dia. Há vários grupos de pessoas que procuram a Deus, mas há um grupo de pessoas que Deus está a procura: Os Verdadeiros Adoradores, aquele que o adoram em espírito e em verdade”, diz o pastor Sandro Chiaratto



FOTOS DO EVENTO





















Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana da Paulicéia - ABC
R: 17 de Março 438 - S. Bernardo do Campo
Tel: 4178 78 48
Venha Fazer uma visita !





Congregação Santa Fé do Sul realiza Escola Bíblica de Férias


Foi realizado no mês de julho, a escola bíblica de férias pelo departamento infantil junto com as irmãs da sociedade auxiliadora feminina (SAF).

A segunda escola bíblica de férias contou com muita criatividade: os trabalhos feito por meio de dinâmicas, histórias, músicas e brincadeiras preencheram o dia de muitas crianças. A EBF contou com a presença de 35 crianças nesses 3 dias.

O pastor Luiz, que está na liderança da congregação, pode dar o seu depoimento sobre a EBF: “ A cada ano essa atividade produz resultado que cada vez nos alegram mais, pois alcançamos as vidas das crianças para Jesus. É maravilhoso ter os pequenos m nosso meio, compartilhando suas vidas, aprendendo a caminhar com Ele, estar e crescer na presença dEle.”

O tema desse ano foi “Crê no Senhor Jesus e será salvo” - Atos 16.31.

Nesses dias, as crianças ouviram e aprenderam sobre o Livro Sem Palavras. Louvamos a Deus pela vida de cada criança que esteve em nosso meio e que aceitaram Jesus como senhor e salvador.

Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana de Santa Fé do Sul

Cultos

Terças e Quintas - 20:00 Horas

Domingo

Culto da Família - 20:00 Horas

R: Bahia 571 - Bairro Centro

Venha fazer uma visita !

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Rio Grande da Serra realiza casamento coletivo

A congregação IECP de Rio Grande da Serra realizou um casamento coletivo no dia 31 de Maio. Foram 8 casais que foram abençoados com direito a igreja enfeitada, bolo de casamento, buquê, cantores, dança, colunas, fontes iluminadas e dama de honra.

Os casais que receberam a benção do Senhor foram: Adolfo e Tereza, Anderson e Elisângela, Carlos e Jailza, Luiz e Uranita, Otávio e Elizabete, Odair e Elaine, Ozéias e Geilda, Roberto e Cristiane.

Os visitantes amaram a cerimônia realizada pelo pastor Salomão e perceberam o carinho da igreja pelos detalhes preparados com muita dedicação. Muitos entraram pela primeira vez na igreja e prometeram voltar em virtude da beleza da cerimônia.

O pastor Salomão em sua mensagem, enfatizou sobre a importância dos votos de casamento, bem como, as responsabilidades dos cônjuges, e da seriedade com que DEUS trata a aliança entre um homem e uma mulher.

Os pastores da IECP Rio grande da Serra ficaram felizes pelos resultados alcançados por cada casal que realizaram o sonho de receber as bênçãos de DEUS em seus casamentos e por maridos que mesmo não confessando Jesus como Senhor e Salvador de suas vidas, entraram e fizeram os votos diante de DEUS.


“Acreditamos que a razão de termos bons resultados é a preocupação que damos a saúde espiritual da família através de vários cursos, pregações e palestras voltados para o bem estar da família, como é o caso do curso Casados para Sempre, quando os casais são orientados a deixarem a vida de amigados e assumirem diante de DEUS e dos homens a aliança com seus respectivos cônjuges” diz o pastor Salomão.


Outra grande benção foi à formatura do curso que realizamos no dia 13 de Julho com a entrega do certificado de conclusão e no Sábado seguinte com uma confraternização dos alunos abençoada. Os

Pastores da Congregação IECP do Rio Grande da Serra agradecesse a todos aqueles de alguma maneira contribuíram para que estas famílias e seus familiares fossem abençoados por DEUS.


Venha conhecer a IECP do Rio Grande da Serra

R: Lídia Polloni 147 - Centro - Rio Grande da Serra - SP/ Tel:4820 3654

APRENDENDO A AMAR A PALAVRA DE DEUS



Por Pr. Daniel Candido de Oliveira

Uma igreja cheia de verdadeiros discípulos é aquela que aprende a Palavra de Deus. Os verdadeiros discípulos são aqueles que estudam a Bíblia e estão se tornando parecidos com Cristo.

Imitar a Cristo é ser um estudioso das Escrituras Sagradas. A igreja primitiva estudava as Escrituras intencionalmente.

Em Atos 2.42 – “E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações.”

Paulo disse a Timóteo: “Até a minha chegada, aplica-te a leitura, à exortação, ao ensino.” (I Timóteo 4.13).

Em alguns lugares a Bíblia tem sido usada como decoração nas salas, na cabeceira da cama ou em outros ambientes.

Precisamos ter apetite para com a Palavra de Deus. Creio que as pessoas estão famintas pela Bíblia e querem ouvir o que a Bíblia tem a dizer. Quando elas procuram a igreja, não esperam que o pastor seja um mestre em psicologia ou na auto-ajuda, mas que seja um pregador que ensine a Bíblia, a Palavra de Deus.

As pessoas querem saber o significado da vida e a resposta está nas Escrituras Sagradas. Se você precisar de um conselho, procure na Bíblia que encontrarás.

A Bíblia é o alimento espiritual para nossa alma
Quando acordamos de manhã, qual é a primeira coisa que pensamos? Na Bíblia? É certo que não.

Pensamos em comida, sentar a mesa para nos alimentar porque isso faz parte da natureza humana: “Eu devo me alimentar pela manhã.” Vamos transportar esse conceito para o alimento espiritual.

Se o corpo precisa de comida pela manhã, a alma também precisa do alimento espiritual que é a Palavra de Deus. Muitos dizem que somos aquilo que comemos. Isso também é verdade na área espiritual.

Se nos alimentarmos da Palavra de Deus, desenvolveremos apetite por ela. Aí então poderemos dizer como o salmista: “Como suspira a corça pelas correntes das águas, assim, por Ti ó Deus, suspira minha alma. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando irei e me verei perante a face de Deus”. (Salmo 42.1-2)

A Bíblia nos capacita em conhecer a vontade de Deus e a melhor forma de conhecer a sua vontade em todas as situações é saber o que a Bíblia diz. Precisamos basear nossas decisões em princípios bíblicos.

Quando estivermos diante de uma situação difícil ou de uma decisão, devemos fazer uma pergunta a nós: Que princípios bíblicos podem me orientar nesta situação? O que a Bíblia diz? Então é isso que vou fazer.

A Bíblia não tem apenas palavras impressas numa página. As palavras são vivas e por meio delas o Espírito Santo fala conosco.

Devemos ir à igreja não somente com o desejo de ouvir a Palavra de Deus, mas também de praticá-la. Aquele que ama a Palavra de Deus tem o desejo de freqüentar a Escola Bíblica Dominical, Seminário Teológico e Apologético, tem o desejo de examinar as Escrituras Sagradas e estar em todas as programações que ensinam a Palavra que modifica o ser humano, que tira o homem do lamaçal do pecado e coloca os seus pés na rocha, que transforma o ser humano. Aprenda Amar a Palavra de Deus.

Primeiro Encontro de grupos da Melhor Idade


Por Maria das Graças
Queridos Irmãos e Amigos, a paz do Senhor!

Já estamos no mês de Agosto, tudo aquilo que planejamos fazer o Senhor nos abençoou, sustentou e realizou. A sua palavra nos diz que se buscarmos primeiro o seu reino e a sua justiça, Ele nos acrescenta as demais coisas. E como sabemos que estamos buscando o seu reino? As coisas boas só acontecem se estivermos firmados na rocha, este é um grande sinal.

Amados, nosso ministério tem crescido e tem sido uma benção de Deus. A cada dia Deus acrescenta amigos e irmãos ao grupo Reviver. Temos realizado todos os planos e desejos que Ele mesmo colocou em nossos corações. Agradecemos a Deus todos os dias pela sua misericórdia e seu imensurável amor para conosco. Glória a Deus!Os sonhos de Deus florescem a cada dia em nossa vida. Estamos prestes a realizar mais um sonho em nosso ministério: O Primeiro Encontro de grupos da Melhor Idade.

Este evento vai se realizar no dia 30 de Agosto das 13:00 as 17:00 Horas em nossa Igreja Sede – Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana – SP - com a presença do ministério de louvor da IECP Sede na direção do pastor Simões Dias de Souza. A mensagem será ministrada pelo querido pastor da IECP da Paulicéia, pastor Sandro Chiaratto e o encerramento será feito pelo presidente do ministério IECP, pastor Daniel Candido de Oliveira.

O evento ainda terá uma exposição e venda de artesanato feito pelo grupo Reviver. Este Encontro terá a entrada Franca e está aberto para todos que quiserem participar. Venha participar desta grande benção de Deus para as nossas vidas!

Nós teremos o prazer de receber você de outra denominação evangélica que visita este blog, você é muito bem-vindo! Se você quiser ter maiores informações deste evento, entre em contato pelo telefone 2946-5118 ou Você entre em contato pelo nosso endereço eletrônico: iecpvlvera@terra.com.br

Este evento terá a entrada França!

Deus abençoe

XIV Conferência Missionária IECP


POR Patrícia R. Albarez


Existem dias que somos marcados de uma forma inesquecível em nossa igreja. Dias que nossa expectativa sobre o que Deus fará em nós aumenta, nossos horizontes se abrem, nossos corações se quebrantam ainda mais. Isso acontece em dias de Conferência Missionária. Não só porque várias pessoas e departamentos se unem para organizar esse evento, mas porque se trata da maior causa em todo o mundo pela qual vale à pena uma pessoa dar a sua vida: a causa de Cristo... O Reino de Deus.

Neste ano, não foi diferente. Fomos desafiados a ser a resposta da oração feita por Jesus em João 17:21 “para que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em Ti. Que eles também estejam em nós para o mundo creia que tu me enviaste”. Fomos desafiados a sermos UM independente de nossas diferenças, em todos os momentos, em todos os lugares; a deixar a hipocrisia e a religiosidade de lado e sermos o Corpo de Cristo, andando para o mesmo propósito; viver verdadeiramente o Amor de Deus para que o mundo veja em nós o Senhor Jesus.

A Conferência Missionária deste ano foi a décima quarta, que ocorreu nos dias 04, 05 e 06 de julho. Com muita alegria, os adolescentes trabalharam muito para a entrada e saída das Bandeiras como um ato profético. Com muita disposição, tivemos o Grupo de Louvor e o Coral na ministração do cântico-tema da Conferência. Com muita energia, vários irmãos e irmãs se disponibilizaram para ajudar na cantina e na limpeza. Tivemos a dedicação do Departamento Infantil em organizar a Conferência Missionária Infantil.

As crianças aprenderam a confeccionar um “livro sem palavras” para evangelizar os amiguinhos através das cores desse livrinho. Estiveram conosco, caravanas das congregações das cidades de Santa fé do Sul, Cerquilho, Jabaquara, Rio Grande da Serra e outras. E com muito Amor recebemos nossos missionários Arimá, Rodolfo, Talita e Elenice.

Foi com muita expectativa, também, que recebemos em nossa igreja homens ungidos por Deus para ministrar aos nossos corações. Na sexta-feira, recebemos um dos pastores missionários da Missão Kairós que trouxe um acervo riquíssimo de livros para edificação da igreja sobre assuntos diversos e, principalmente, sobre Missões. No sábado, recebemos pela primeira vez o pastor Édison Queiroz (Igreja Batista de Santo André), conhecido por seu trabalho na área de incentivo à missões nas igrejas locais e fundador do ministérios Atos 1:8 em Ação. Ele falou sobre como todo o cristão deve obedecer a Grande Comissão, inclusive com suas finanças, investindo na Obra Missionária. Mostrou-nos as estatísticas das maiores religiões presentes no mundo e que, infelizmente, os cristãos – aqueles que seguem somente a Cristo – não são a maioria, faltando ainda muito para ser feito. Foi uma noite marcante para toda a igreja e o Espírito Santo falou profundamente através da Palavra.

No domingo pela manhã, tivemos a presença do pastor Sérgio Barbosa, da APEC – Aliança Pró Evangelização da Criança. Uma ministração poderosa: pudemos ver na Palavra de Deus os motivos para evangelização das crianças. Além disso, conhecemos um pouco mais o trabalho com crianças realizado pela APEC.

Finalmente, no domingo à noite, recebemos, assim como na Conferência de 2004, o pastor Cláudio Machado, da Missão Kairós. Traçando um paralelo entre o Islamismo e o Cristianismo, ele falou sobre a extrema importância da educação na família e o poder que a unidade causa. Como pode uma família cristã proibir seu filho de se dedicar ao Senhor Jesus através da obra missionária em contraste de uma mãe muçulmana despedindo-se de seu filho, com muito orgulho, sabendo que ele está preste a morrer em nome Alá? Como pode um jovem muçulmano ter o sonho de morrer pela causa islâmica e um jovem cristão ter somente o sonho de conquistar carros, casas e uma grande carreira profissional por que tem sua própria vida como preciosa demais? Onde está a unidade do Corpo de Cristo? Como temos criado nossos filhos: para o mundo ou para Cristo? Foi uma noite de quebrantamento, arrependimento e rendição total ao Senhorio de Cristo. O Espírito de Deus ministrou em nossos corações e nos marcou naquela noite.

Esses foram dias de desafios! Desafio de mudarmos nossas atitudes e realmente sermos UM em Cristo Jesus. Vivermos pela Verdade que liberta e não para nós mesmos. Quando formos UM, o mundo verá em nós a manifestação do Amor de Deus em Cristo Jesus.


Fatores de sucesso empresariais – Família



Por Amadeu Arcaro
A palestra de 14de julho foi proferida pelo Professor Emerson, que em seu currículo acumula 12 anos de vida acadêmica na área de administração e marketing, que não começou propriamente na universidade, mas como mestre na Escola Dominical, onde aprendeu que em primeiro lugar o ensino começa nas bases da sociedade, ou seja, na família.

Ele iniciou seu discurso falando de como devemos estar preparados para discernir e trabalhar com o imenso volume de informações disponíveis e não ficarmos condicionados ou manipulados pela mídia televisiva e impressa.

Todas as suas colocações tiveram como foco a influência da família no sucesso corporativo. Nos dias de hoje o empresário esta buscando a prosperidade de sua companhia através de diferentes formas, levando ate a prática de operações escusas e com fundamentos falsos.

Mencionou o exemplo da pirâmide de Maslow, que mostra o grau de suprimento das necessidades do homem, onde a base demonstra as necessidades básicas de sobrevivência, ou seja, alimentação, descanso e abrigo, que referenciando ao empresário lembrou que pelo excesso de atividades não consegue nem se quer alimentar-se, ou descansar. E quando vamos para o topo da pirâmide, que Maslow fala de segurança e realizações pessoais, a dificuldade se torna cada vez maior de se atingir o sucesso, especialmente no tocante ao relacionamento familiar.

Sempre devemos estar nos perguntando: Será que estamos baseando as nossas realizações somente em agregar valores e clientes as nossas empresas esquecendo-nos do convívio e o relacionamento familiar saudável? De que maneiras estão construindo nosso sucesso? Em bases sólidas ou areia?

O professor Emerson utilizou como base o texto do Manual do Fabricante ( A Bíblia), o que está escrito em Mateus 14, que fala sobre o acontecimento que o rei Herodes mandou matar a João Batista.

Herodes comparado com um empresário não teve humildade para voltar atrás quando prometera para sua sobrinha que lhe daria o que quisesse se dançasse para ele e seus convidados. A sua cunhada achou a oportunidade ideal para pedir a cabeça de João Batista, uma vez que ele (João) estava condenando seu relacionamento extraconjugal com Herodes, e pregava a moral.
Temos visto vários casos de homens e mulheres em posição de liderança na empresa, com envolvimentos fora do casamento, que levam suas empresas consideradas verdadeiros impérios a ruína, e por conseqüência seus matrimônios.

Outro ponto para o sucesso, baseado na analise de SWAT, conhecer o ambiente de atuação da empresa, bem como as variáveis controladas e não controladas é primordial para sucesso e sobrevivência da empresa.

Forças e fraquezas ameaças e oportunidade devem ser consideradas em todo tempo, tanto na esfera empresarial como pessoal. Prof. Emerson exemplificou falando sobre um jovem que se considera um excelente vendedor de computadores, que quando perguntado se conhecia seus concorrentes, quais marcas estavam no mercado, disse que estava concentrado em vender os computadores de sua empresa Ching Ling S.A, e não perderia seu tempo analisando seu mercado. Pobre rapaz estava com seus dias contados como vendedor, porque estava totalmente vulnerável sem conhecer as ameaças dos concorrentes, nem mesmo as suas fraquezas.

Outra menção feita foi sobre a participação do homem de negócios na educação dos filhos, sendo exemplo e mostrando o que e licito e o ilícito, e ensinando que fazer o certo deve ser uma constante na vida de qualquer cidadão independente se estamos sendo vigiados ou não.

Concluímos que não há bem com valor maior que a nossa família, porque através dela somos abençoados podemos abençoar a empresa e por conseqüência os funcionários, ou seja, um efeito multiplicador.

De que adianta o sucesso corporativo se não conseguimos salvar a nossa própria família. Só conseguimos equilíbrio entre o sucesso empresarial e familiar, quando entregamos a nossa vida ao controle do Senhor Jesus e do Espírito Santo.
O Grupo Empreendedor esta e esteve sempre preocupado com a saúde das empresas e das famílias, e continuará a lutar por elas.

Não Basta ser Crente: tem que Confiar, Esperar e Amar



Por Pr. Sergio Mamede Marin
O Apóstolo Paulo escreve, em I Co 13: 13, que a Fé, a Esperança e o Amor são permanentes, isto é, não passam com o tempo.
Procurando entender a razão que levou Paulo a chegar nesta conclusão, podemos observar que realmente estas três coisas tinham uma presença constante e marcante na vida dele, porém se faz necessário entender com um pouco mais de clareza estas virtudes que fizeram de Paulo muito mais que um crente.
Para melhor entendermos a fé de Paulo, não podemos pensar simplesmente no acreditar em algo ou alguém, é preciso entender fé no sentido de confiança. Este sentido é bem claro no livro do Profeta Habacuque, quando Deus diz para Habacuque que o justo viveria por sua fé (Hc 2:4).
Não tirar esta afirmação do contexto é o segredo para entender o significado de fé, que não só Paulo nutria em seu coração, mas que também nós temos que demonstrar se quisermos ser verdadeiros cristãos. Após o clamor do profeta por uma interferência de Deus, para que a situação de calamidade social em que estavam vivendo tivesse fim, Deus responde com a notícia do envio de um exército punidor e destruidor.
O coração de Habacuque estremece, e novamente clama a Deus. A resposta de Deus, a este segundo clamor do profeta, deixa claro que aquele que confiar em Deus e se deixar conduzir por sua justiça não sofrerá o dano da punição e também não será destruído. Assim entendemos que o mais importante na fé não é o acreditar em Deus, mas sim confiar Nele.
Paulo era um grande conhecedor das Escrituras e com certeza conhecia o livro de Habacuque, tanto que o cita várias vezes (Rm 1:17; Gal 3). Este conceito de fé fica claro quando escreve para Timóteo e diz que estava bem certo de em quem estava crendo, pois sabia que ele (Jesus) era poderoso para guardar seu tesouro (II Tim 1:12). Da mesma maneira, nós também devemos demonstrar confiança em Deus e em sua justiça, e não somente crer que Ele existe, devemos confiar que Ele é suficiente e capaz para conduzir nossa vida, e não somente crer no que Ele pode fazer.
Esperança.
Algo que podemos perceber com clareza na vida do Apóstolo Paulo é o que ele esperava de sua dedicação a Deus: a Vida Eterna.
Quando escreve aos Coríntios, Paulo deixa claro que, ainda que os muitos benefícios de uma vida controlada por Deus neste mundo presente sejam indescritíveis (II Co 4:7; 5:17-18), o que mais lhe importava era saber que não foi só para isso que Jesus morreu e ressuscitou, e que se sua esperança fosse somente a de vê-los transformados pelo poder do evangelho, ele seria um homem verdadeiramente digno de lástima (I Co 15:19), mas a certeza da vida eterna é usada para incentivar, não só os Coríntios, mas também a todo crente a ter uma vida abundante no trabalho cristão (I Co 15:53-58). Com certeza, era a esperança da vida eterna a grande força impulsionadora da vida produtiva e abençoada do homem, que com justiça, se colocou como exemplo de cristão a ser seguido (Fp 3:17; II Co 11:1).
Esperar a vida eterna é também ensinado pelo Apóstolo João, contemporâneo de Paulo. Em sua primeira carta, diz que todo o que tem a esperança da vida eterna busca estar cada vez mais compromissado com Deus (I Jo 3:3). e também mostra que a promessa que Jesus nos deu foi a vida eterna (I Jo 2:25).
Quando, como Paulo, também tivermos a esperança da vida eterna pulsando fortemente em nosso coração, nossa vida de cristão será mais verdadeira.
Amor
Muitas pessoas se frustram na vida porque julgam nunca ter alcançado o reconhecimento do qual se acham dignas. O ensino cristão, no entanto, nos aponta para outro lado (“…mesmo após haver feito tudo, considerai-vos servos inúteis” (Lc 17:10).) Paulo, por algumas vezes, precisou ser um pouco duro com algumas igrejas, porém nesses momentos percebe-se que o cuidado era em defender a verdade de seu ensino, e não sua própria pessoa (I Co 11).

Quem age por amor não espera reconhecimento público de seus atos. Em sua carta aos Romanos, Paulo ensina que Deus, por seu grande amor com que nos amou, enviou Jesus para morrer por nós, quando nós ainda estávamos mortos em nossos delitos e pecados (Rm 5:8 cf Ef 2:4-5).
Isto demonstra que o verdadeiro amor nos leva a agir não preocupados com o retorno que teremos com nossa ação, mas sim com o resultado que terá nossa ação. Jesus não se tornou mais Divino por ter se dado por nós (Ele sempre foi e sempre será), mas é incontestável o resultado maravilhoso de sua obra redentora.

O Apóstolo Paulo, com sua dedicação ao evangelho, não colheu, em seu tempo, nada que lhe fosse pessoalmente proveitoso, mas sim prisões, açoites, calúnias, abandono e por fim até a decapitação. Porém, hoje é praticamente impossível falar de Cristianismo sem citá-lo.
A nós ainda não foi exigida tal demonstração de amor (Hb 12:4) e, mesmo assim, por muitas vezes, temos agido de forma egoísta procurando nosso próprio proveito. Parece que o Evangelho de nossos dias está um pouco diferente. Mas ainda temos tempo (na verdade, é só um pouquinho) de, arrependidos, voltar ao primeiro amor.
Este artigo tem o objetivo de trazer a você, leitor, subsídios para que você não somente creia, mas que confiança, esperança e amor sejam virtudes permanentes em sua vida.
Deus te abençoe

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Grupo Empreendedor realiza um evento Marcante!


Por Amadeu Arcaro
O Grupo Empreendedor, cumprindo com seu propósito de fortalecer os homens de negócio, realizou no dia 09 de junho de 2008, um evento marcante, que contou com palavras do corpo diretivo, de uma palestra sobre o tema qualidade de vida e um “gran finale” onde tivemos o compartilhar de muitas experiências. A palestra foi ministrada por um homem de Deus: Coronel Camargo.

Eis aqui um pouco do que ouvimos:

Logo no início de sua profissão teve experiências muito fortes sobre o poder da palavra proferida e suas conseqüências. Dizia que não tinha nenhum medo da morte e pela sua força poderia enfrentar qualquer situação de perigo.

Falando sobre liderança, enfatizou que em primeiro lugar devemos liderar a nos mesmos, a nossa alma, porque a doença começa na Alma, ou seja, nos sentimentos. Um exemplo disso são os policiais que trabalham numa cidade violenta como São Paulo.

Eles ficam marcados na alma, que chegam ao absurdo de sentirem a realidade da dor em seus sonhos, parecendo ate que os tiros disparados pelos bandidos lhes atingem de verdade.

O acontecimento que marcou sua vida foi o incêndio do prédio da CESP, um edifício de 25 andares de concreto, na Avenida Paulista, nos anos 80. No atendimento, ouviu uma voz clara em que lhe dizia: “hoje vai ter morte neste lugar e será o ultimo dia de sua vida.”
Naquele incêndio, aconteceu algo estranho, houve vários desabamentos no prédio.
Nunca tinha acontecido de cair um edifício de concreto no Brasil,somente de outras estruturas, mas ele não podia fugir da sua missão, teve que entrar para avisar os outros bombeiros para abandonarem o prédio, mesmo sabendo que o prédio iria desabar.

Aquele homem que não tinha medo da morte, neste dia, passou a perceber que por ele mesmo não podia enfrentar aquela situação, então disse “Hoje Deus vai me ajudar”, mesmo sem conhecer quem era Deus. Ele lembrou que nos momentos de perigo até o Ateu diz: “Ai meu Deus”.

Subindo pelas escadas, já no sétimo andar, houve outro desabamento; e quanto mais subiam viam que estavam realmente caminhando para a morte. Neste momento tiveram que tomar uma grande decisão, e então disse: “Capitão vamos correr para a vida, já fizemos o que podíamos”. Difícil de explicar o que é correr para a vida.

Foi quando logo após passar pelos elevadores houve o maior desabamento e fui salvo por um passo. Nós só valorizamos a vida quando estamos doentes, ou valorizamos a liberdade quando estamos presos, ou só valorizamos a família quando a perdemos.

Depois do episódio maioria dos bombeiros ficaram doentes. Neste momento ele começou a perguntar o que é a vida. Qual o propósito que temos durante este período curto que passamos nesta terra? Qual a nossa missão? Não estamos aqui por acaso.

Após este acontecimento ele passou a ser um morto vivo, sem a mínima vontade de viver. Ficou procurando vida mesmo sendo um comandante, um alto posto na corporação.

Era uma pessoa triste e mostrava em seu semblante, na fala e no andar. Às vezes se achava procurando pessoas tristes, e numerava quantas ele encontrava.

Tomando remédios, vivendo uma vida química, sob efeitos de medicamentos. Sabia tanto sobre eles que acabava Indicando drogas ate para os médicos.

Havia dias que se preparava para a morte, deitava-se como uma múmia. E quantas pessoas vivem assim ao nosso lado, e não vêem solução para este cárcere, e por outro lado, aqueles que têm uma visão da vida como ela realmente é linda, sabemos que sempre temos uma chance de mudar, não fazemos por comodidade.


A vida é simples e maravilhosa nós a tornamos conturbada, para satisfazer os nossos próprios prazeres.

O Coronel Camargo começou a tentar a fuga através de alguns artifícios humanos disponíveis, como a bebida o trabalho, mas todos em vão. Aquele que falou que não tinha medo da morte estava vivendo por um fio, totalmente dependente.

Até que um dia participou de uma reunião onde não havia rostos tristes, mas pessoas que tinham quase os mesmos problemas.

Apresentavam rostos e comportamentos felizes e radiantes, onde o palestrante falou sobre um que era o melhor dos médicos, ele, logo tomou papel e caneta para anotar o endereço. Mas o palestrante disse que este médico não tinha telefone, e estava disponível 24 horas com atendimento em qualquer lugar e que seu nome era JESUS CRISTO, que ele foi crucificado, morto e sepultado, mas ao terceiro dia ressuscitou, e a cruz esta vazia.

Aquela informação mudou o rumo da sua vida. E por incrível que pareça, foi no hotel dela Volpe ao lado do prédio da Cesp onde ele havia morrido, agora ele estava retornando para a vida.

A morte entra pelas costas sem pedir autorização, mas Jesus entra pelo coração e batendo na porta. “Eis que estou à porta e bato e se abrires a porta do seu coração, entrarei e cearei com você.”

Depois de encontrar um real propósito para sua vida, nascendo de novo, entendeu que nas pequenas atitudes, nos pequenos acontecimentos, é que estão as maiores realizações da vida.
Dizem que, se analisarmos os melhores momentos de nossa vida, vamos descobrir que não tivemos que pagar nada por eles e foram muito simples.

Foi ai que passou a analisar e palestrar para policiais, entre os quais no Brasil se nota um alto grau de suicídio e depressão.

Algumas atitudes mencionadas pelo Cel. Camargo que estão causando estes distúrbios:


1 - Qual o motivo de policiais entrarem na depressão e provocando a destruição de suas famílias?

Finanças: 85% dos Brasileiros estão endividados porque não sabem o que significa juros compostos. Outra causa é a rebelião (rebeldia), ganância, desgraças que são ensinadas pelos veículos de mídia, principalmente pela televisão. Falando sobre juros compostos usamos o exemplo daquele que fumou durante 20 anos e literalmente queimou uma casa de R$ 250.000,00.


Exemplo dos supermercados que levam as pessoas ao consumismo, pelo forma de disposição das mercadorias, seu piso, sem relógio.

2 - A corrupção desenfreada.E onde podemos encontrar soluções e conselhos para estes dilemas?

Num livro, que denominamos manual do fabricante; a nossa bíblia onde encontramos 2350 versículos sobre finanças e 500 sobre fé.


A bíblia fala mais sobre finanças do que fé, para que as pessoas não percam a fé quando não gerenciam bem suas finanças.


Uma das menções fortes da bíblia refere-se à formiga que guarda no verão para ter o que comer no inverno.

Os mais diversos assuntos são mostradas no Manual do fabricante como; medicina, investimentos, oratória., e tantos outros. Como todos os sermões de Jesus a vida também é muito simples; nós que a complicamos.

sábado, 5 de julho de 2008

A congregação da Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana do Jabaquara completou 6 anos de vida neste mês de Junho


O pastor José Novaes e sua família têm se dedicado para realizar o que Deus colocou em suas mãos. Podemos comparar o chamado desta Família com a grande obra que Neemias realizou.

Quando Neemias recebeu a notícia que os judeus estavam em aflição, que os muros de Jerusalém estavam caídos e as portas da cidade estavam queimadas, ele chorou e não ficou parado. Ele se prontificou em ajudá-los.

O pastor José Novaes e sua família, mesmo com pouca experiência, tomaram a mesma decisão. Eles se prontificaram em atender a voz do Senhor, em realizar a grande obra que o Senhor colocou em suas mãos: levantar os muros espirituais das famílias saqueadas pelo inferno e ajudar o necessitado.

“Desde o início,quando a igreja formava um pequeno grupo na garagem da casa do Diácono Luis ,Deus colocou um sentimento de ajudar estas famílias que estão neste lugar. Estamos aqui há 6 anos, mudamos o local de culto para um templo um pouco distante do primeiro, onde estamos há dois anos e meio. Deus tem sustentado a igreja a cada dia.”, conta o pastor José Novaes.

Foram realizadas muitas visitas a lares carentes, famílias que precisavam de uma mão amiga, um ombro para chorar, um amigo para estender a mão, mas o que era tristeza para muitos, Deus transformou em festa! Bênçãos não faltaram, muitas famílias foram erguidas e a cada dia Deus tem realizado uma grande obra nesta congregação.

“Comemoramos todos os dias as vitórias que Deus nos deu, agradecemos a Deus por tantas bênçãos que Ele derramou sobre a igreja durante todos estes anos. Durante esse tempo que estamos aqui, pudemos ver a graça e a misericórdia de Deus nos guardando e nos fazendo crescer espiritualmente. Deus acrescentou e continua salvando, curando e edificando famílias”, conta Suzi, esposa do pastor Novaes.

Um momento marcante para esta congregação foi como Deus usou duas garotinhas, na época. Da mesma forma que Samuel, um pequeno garoto assumiu o seu ministério com responsabilidade e com pouca idade, as filhas deste casal, Monique e Daiane, também se dedicaram a trabalhar na casa do Senhor desde pequenas.
Elas se prontificaram em aprender a tocar alguns instrumentos para ajudar no louvor e também estudar a Palavra de Deus para dar aulas para as crianças. Um dos pontos mais fortes desta congregação é o trabalho com os pequeninos. Muitas crianças são abençoadas com o ensino da Palavra do Senhor. Glória a Deus porque sem Ele nada do que foi feito se fez!

Hoje, a igreja conta com: ministério de Louvor, ministério de dança, departamento infantil, grupo de jovens e adolescentes, a S.A. F (Sociedade Auxiliadora Feminina), um grupo de homens e mulheres dedicados ao trabalho do Senhor, um departamento de decorações e promoção de eventos na igreja. A cada dia Deus tem acrescentado vidas naquele lugar.

Durante o mês de Junho a igreja festejou com muita alegria mais um aniversário, mas a festa não parou por ai!

No dia 18 de Julho as 20:00 Horas vai ser realizado um culto especial por tudo que Deus já fez e vai fazer.

Este culto terá a ministração do pastor presidente da denominação, pastor Daniel Candido de Oliveira, a presença de todas as congregações IECP, pastores da sede, amigos de ministério, familiares e vizinhos da igreja.
“Não podemos parar de comemorar, nem deixar de realizar este culto com a presença dos nossos amados irmãos. Quero estender este convite a todos que amam este ministério e esta congregação. Este dia é importante para a nossa família e para todos os irmãos da IECP Jabaquara. Espero ver esta igreja repleta da presença de Deus e que ela seja derramada sobre nós”, diz o pastor José Novaes.
SEIS ANOS
Por Dayane Poli Novais dos Santos

Seis anos
Vivendo os planos
Do Senhor Deus
Pois somos seus

Quantas vitórias!
Quantas surpresas!
Quantas bênçãos!

Pensamos,
Projetamos,
Sonhamos,
Em tudo Deus faz além

Por Ele vivemos,
Prosseguimos,
Vencemos.
Igreja Evangélica Cristã Presbiteriana Jabaquara
R: Comendador Ítalo Francheschi 88
Cidade Ademar - SP
Tel: 5562 16 68